top of page

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR DO ENGODO CAUDAL?

Texto: Izadora Silveira Fernandes


Opa, o que essa larvinha tá fazendo ali?


Foto 1: Maria Olivia Dourado Sanna (Instagram - @lili_sanna)


O Herpeto Capixaba explica!


As serpentes possuem dois modus operandi para aquisição de alimentos: procuram ativamente por presas ou esperam a presa para uma emboscada, algumas serpentes conseguem utilizar ambas as táticas. Em algumas espécies, principalmente quando juvenis, utilizam a estratégia do engodo caudal para caçar, uma maneira mais simples quando o animal ainda é inexperiente para a caça ativa.


Mas o que é engodo caudal? Em algumas serpentes a ponta da cauda possui uma coloração mais clara tornando-a muito semelhante a uma larva, sendo uma ótima isca para atrair anfíbios e lagartos. Este mecanismo de predação tem base na movimentação da cauda, enquanto o animal espera pela presa. Imagina se você vai correr atrás da comida quando ela pode vir até você. É o próprio delivery do mundo animal!


Este comportamento é apresentado por algumas serpentes de Bothrops e de Tropidodryas striaticeps (Foto 1) e pode ser utilizado tanto por serpentes terrícolas, quanto por arborícolas. Apesar de ser mais comum em filhotes, isso não significa que não exista em adultos. No caso da jararaca-ilhoa (Bothrops insularis), por exemplo, o juvenil utiliza o engodo caudal e o adulto continua utilizando! Principalmente para atrair pássaros e roedores. Já a Pseudocerastes urarachnoides, possui a ponta da cauda semelhante a uma aranha, e as escamas em volta são alongadas, atraindo facilmente aves com este super aparato!


REFERÊNCIAS


Antunes, A.P; Haddad, C.F.B. Tropidophis paucisquamis (Brazilian dwarf boa) diet and caudal luring. Herpetological Review. v. 40, 2009.


Bostanchi, H et al. A new species of Pseudocerastes with elaborate tail ornamentation from western Iran (Squamata: Viperidae). Proceedings of the California Academy of Sciences, v. 57, n. 14, p. 443–450.


Carpenter, C.C.; Murphy, J.B., Geoffrey, C.C. Tail luring in the death adder, Acanthophis antarcticus (Reptilia, Serpentes, Elapidae). Journal of Herpetology v. 12, p. 574- 577, 1978.


Hagman, M.; Phillips, B.; Shine, R. Tails of enticement: caudal luring by an ambush-foraging snake (Acanthophis praelongus, Elapidae). Functional Ecology. v. 22, p. 1134- 1139, 2008.


903 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page