I HERPETORAMA

 "Herpetologia para Todos" - 2019

"ORAMA", de origem grega, significa ESPETÁCULO!

Em comemoração ao aniversário de dois anos do Herpeto Capixaba, com muito orgulho e dedicação realizamos o I HERPETORAMA: a Semana Herpetológica. Do Grego HERPEIN, “rastejar” originou-se a Herpetologia, o ramo da zoologia que estuda os anfíbios e répteis! ORAMA, também de origem grega, significa ESPETÁCULO, e foi justamente o que o Herpeto Capixaba realizou: um espetáculo herpetológico muito proveitoso para todos aqueles que participaram!

 

Com o tema "Herpetologia para Todos", nesse primeiro ano organizamos um evento herpetológico que teve como principal pilar a palavra INCLUSÃO

 

​Inicialmente seria apenas presencial, mas não conseguiríamos cumprir com o tema “Herpetologia para todos”, pois pessoas de outros estados que quisessem participar, poderiam não conseguir por falta de tempo e recursos. Desta forma, criamos a versão online nos dias 29 e 30/09 e 03, 04 e 05/10 para abranger os mais distantes interessados. E foi um sucesso!

 

Mas também não desistimos da versão presencial!  Nos dias 01 e 02 o Herpetorama ocorreu em varias Instituições do Espírito Santo e até em outros estados!

 

Quer saber? Foi incrível este formato online/presencial! Tivemos 260 inscrições das quais 135 (51.9%) participaram somente de forma online, ou seja, se não tivéssemos proposto essa ideia da das apresentações online, 51,9% dos participantes não teriam conseguido participar por serem de outros estados, e não queríamos isso! É herpetologia para todos! É Herpeto Capixaba para além das fronteiras Espirito Santenses!

Qual a importância de um evento científico inclusivo?

Os eventos científicos são de suma importância para alunos e pessoas que já trabalham na área. Aos alunos, a possibilidade de aprenderem com os mais experientes, exporem seus trabalhos, criar uma rede de contato e muito mais; aos que já atuam, a chance de contribuir apresentando suas pesquisas e inspirando os que ainda estão na academia. Ou seja, um evento científico sempre será muito proveitoso para todos.

Mas e se você não pudesse participar de um evento deste porte? Se você mora numa cidade onde os eventos são raros ou inexistentes? Você teria que fazer um investimento monetário maior do que queria ou poderia fazer, indo até o local do evento, não é mesmo? Talvez até não conseguiria ir. Acontece.

 

O lema “Herpetologia para todos” surgiu da necessidade de se levar, através do I Herpetorama, conhecimento herpetológico para todos os interessados. Muitas vezes, os eventos presenciais podem pesar no orçamento para a maioria da população brasileira (o que não os torna menos importantes), visto que uma série de fatores precisam ser considerados (inscrição, locomoção, hospedagem, alimentação, etc.). Foi nessa perspectiva que o Herpeto Capixaba cobrou somente uma taxa simbólica pela inscrição (R$10,00 iniciais, e R$ 15,00 finais) que serviu para cobrir custos pontuais do Herpetorama.

 

Ainda, nessa premissa do lema, nos últimos dias de inscrição o Herpeto Capixaba publicou uma nota para aqueles que, por motivos financeiros, não pudessem se inscrever, entrassem em contato explicando sua situação, pois eles não ficariam de fora dessa! O HC está enormemente grato por todos os inscritos pagantes que compreenderam e apoiaram essa inciativa. É “Herpetologia para todos” e assim tinha que ser.

 

Abaixo você pode conferir um pouquinho do que rolou na semana do evento.

GALERIA DE FOTOS DO HERPETORAMA I 2019

PROGRAMAÇÃO HERPETONLINE

Todos os participantes inscritos tiveram direito ao conteúdo HERPETONLINE, o qual foi transmitido através de videoconferência por uma plataforma Webinar e Instagram do @herpetocapixaba!

 

RESUMO DA PROGRAMAÇÃO HerpetOLINE

Domingo - 29/09

17–18h – Dr. Thiago Silva–Soares –O Biólogo que Viaja! A trajetória de como a herpetologia me fez viajar o mundo.

18-19h – Dra. Roberta A. Murta da Fonseca – A evolução da forma do crânio de serpentes Dipsadidae

19-20h – Ms. Jessica Rhaiza Mudrek – Jacarés urbanos: de onde vieram e para onde vão?

20-21h – Dr. Iberê Farina Machado – Ameaçada ou não ameaçada! Como funciona a avaliação do estado de conservação de uma espécie

 

Segunda-feira - 30/09

18-19h – Dr. Fabio Maffei – Quanto custa uma espécie ameaçada?

19-20h – Dra. Ana L. C. Prudente – Desafios de pesquisas na Amazônia, visão de uma herpetóloga

20-21h – Renato Gaiga – O Herpetólogo do Futuro

 

01 e 02 de outubro – Cobertura das Ações Presenciais em todo o Brasil!

 

Quinta-feira - 03/10

14-16h – Retrospectiva das Ações Presenciais ao redor do Brasil

17-18h  Dr. Norberto Cysne Coimbra - Validação Neuropsicobiológica de  Modelos de Ataques de Pânico e de Estresse Pós-Traumático Baseado no Confronto entre Presas e Serpentes.

18-19h – Werther P. Ramalho – Anfíbios do Cerrado brasileiro: diversidade e estratégias multidisciplinares para conservação

19-20h – Dra. Sarah Mângia – Caminhos da Pós–Graduação: 10 anos de carreira

20-21h – Leonardo Merçon – O que a fotografia tem a ver com conservação?

 

Sexta-feira - 04/10

Novo: Reprises - semana que vem!

17-18h Dra. Daniella França - Herpetologia Segundo as Herpetólogas: Uma proposta feminina de divulgação científica e Educação Ambiental.

18-19h – Rodrigo Tinoco – Fotografia para todos

19-20h – Dr. Thiago Silva–Soares – Os primeiros passos para você iniciar sua pesquisa científica.

20-21h – Dra. Thais B. Guedes – Diversidade e Conservação das Serpentes da Caatinga

Sábado - 05/10

17-18h Gustavo Bauer - Biologia e Manutenção de Répteis em Cativeiro

18-19h – Carlos Henrique de Oliveira Nogueira - Herpetologia nas Redes Sociais: Conquistas e desafios!

19-20h – Dr. Rodrigo Giesta Figueiredo – Paleoherperofauna brasileira: um panorama dos últimos anos.

20-21h – Beatriz Morais – Como ganhar dinheiro com Herpetologia?

21h00  – Encerramento

RESUMO DA PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL

LOCAIS DA HERPETORAMA

  • UFES - Vitória, ES - 01 e 02 de outubro de 2019

  • FAESA - Vitória, ES - 02 de outubro de 2019

  • ALEGRE/ES - UFES - 01 e 02 de outubro de 2019

  • SANTO ÂNGELO/RS - URI - 01 de outubro de 2019 

  • JUNDIAÍ/SP - Amazoo Pets - 01 de outubro de 2019

  • VIÇOSA/MG - UFV - 01 de outubro de 2019

  • PARNAÍBA/PI - 01 de outubro de 2019

 

PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL

VITÓRIA - ES

Universidade Federal do Espírito Santo, Campus Goiabeiras

Dia 01 - Terça-Feira 01/10 

Minicurso 1: Fixação de herpetofauna atropelada em meio líquido para coleções científicas - 08h00-12h00

Responsáveis: Amanda Maestro - Bióloga, Diretora financeira HC.
e Tainara Alencar - Diretora de comunicação HC. Graduanda em Ciências Biológicas, UFES - Alegre.

Local: Laboratório 03

Descrição: Minicurso destinado a apresentar a importância das coleções biológicas no desenvolvimento de pesquisas científicas e para conservação. Além disso, vamos demonstrar na prática como é realizado o procedimento de fixação de alguns exemplares.

Nº de vagas: 15

Materiais: calçado fechado e jaleco

Área: Capacitação em Zoologia: Subárea: Técnicas de fixação

Minicurso 2: Desenhando herpetologia - 8h00-12h00

Responsável: Igor Maia - Desenhista HC. Graduado em Artes Visuais - UFES.

Local: Laboratório 08

Descrição: O objetivo será investigar a anatomia e morfologia externa de anuros, tendo como base a representação em forma, volume e textura, exercitando o desenho de observação realista enquanto ferramenta comunicativa/científica. 

N° vagas: 15 vagas

Material: Cada participante deverá levar o seu material de desenho (sugere-se folhas sulfite A4, borracha e lápis grafite 2H, HB e 4B).

Área: Capacitação em Zoologia. Subárea: Ilustração

Palestra: “Bioacústica: Uma Imersão Sonora Inicial" - 13h00-14h00

Palestrante: Tainara de Alencar - Diretora de comunicação HC. Graduanda em Ciências Biológicas, UFES - Alegre.

Local: Auditório IC 2 - Ufes/Vitória

Descrição: Palestra com objetivo de integrar o participante a uma primeira experiência com esta ciência que viaja nas frequências sonoras!

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Bioacústica

Palestra: Do veneno ao soro  - 14h00-15h00
Palestrante: Monique Nunes, Biológa.
Local: Auditório IC 2 - Ufes/Vitória
Descrição: Será  abordada a importância das serpentes para a saúde pública. Como surgiu o soro antiofídico e como ele é produzido? A importância da peçonha além da sua utilização como soro antiofídico.

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Biomedicina e saúde pública.

Coffee Break - 30 min

Palestra: Hepetofauna Atropelada – Um desafio para conservação de répteis e anfíbios. - 15h30-16h30

Palestrante: Tomas de Lima Rocha - Comunicação HC. Mestrando em Biologia Animal, UFES - Vitória.

Local: Auditório IC 2 - Ufes/Vitória

Descrição: O Brasil possui uma malha rodoviária imensa, cobrindo todo o território nacional, por conta disso possuímos também um alto número de atropelamento de fauna, que de forma alarmante supera a caça em mortandade direta de animais. Pensado nisso vamos abordar o tema para entender suas particularidades e os desafios que temos para a conservação da nossa fauna.

Área: Ecologia. Subárea: Impacto Ambiental

Diversidade e estrutura genética de Enyalius iheringii (Squamata: Leiosauridae) - 16h30-17h30

Palestrante: Gabriela Sarnaglia Caliari Bispo, graduanda em Biologia na Universidade Federal do Espírito Santo.

LocalAuditório IC 2 - Ufes/Vitória

Descrição: A diversidade genética do grupo ao longo de sua distribuição na Mata Atlântica e suas possíveis implicações. 

Palestra: ‘“O que tem nessa Bromélia?” Uma curiosa abordagem sobre anuros Bromelígenas - 17h30-18h30

Palestrante: Leticia Watanabe - Colunista-chefe HC. Graduanda em Ciências Biológicas - UFES Vitória.

Local: Auditório IC 2 - Ufes/Vitória

Descrição: Você sabia que existem anuros (sapos, pererecas, rãs) que vivem a vida inteira dentro de uma Bromélia? São as famosas espécies “Bromelígenas”. Esses pequenos nascem, crescem, se reproduzem e morrem dentro de Bromélias, uma tarefa perigosa e desafiadora. E é justamente isso que os torna tão interessantes! Você é nosso convidado especial para se tornar um verdadeiro desbravador desses indivíduos. 

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Coleções Taxonômicas

 

AFTER HERPETORAMA - RUA DA LAMA 01/10

 

Roda de Conversa: Qualidades de um herpetólogo de sucesso – 19h00-22h00

Responsáveis: Tomas Rocha e Thiago Silva-Soares, Biólogos HC.

Local: Rua da Lama – Bar Shot’s

Descrição: Existem várias características são fundamentais para o sucesso profissional em qualquer área, como pró-atividade, trabalho em equipe... Aqui compartilharemos de forma descontraída experiências e observações, que nos levam a entender como um Herpetólogo pode atingir o sucesso na área.  

Área: Herpetologia prática. 

_______________________________________________

DIA 02 - Quarta-feira 02/10

Nesse dia, confira a programação matutina na FAESA! Depois viremos todos juntos para a UFES (Uber comunitário e caronas solidárias!)

Palestra: “Invadiram meu quintal!”. Uma abordagem Biológica, Socioeconômica e Política sobre espécies invasoras. - 13h30-14h30

Palestrante:Beatriz Brito, graduanda em Ciências Biológicas, Ufes- Vitória. Equipe técnica HC.

Local: Auditório Prédio da Biologia

Descrição: A invasão de espécies é considerada uma das principais causas de perda de biodiversidade em um ambiente e elas são mais comuns do que pensamos. O que poucos sabem, é que existem muitos aspectos que permeiam essa discussão, e sim, você está envolvido nisso tudo! O Herpeto Capixaba, despertado pela ocorrência de Iguanas verdes (Iguana Iguana) no bairro de Balneário de Ponta da Fruta (Vila Velha-ES), tem estudado e discutido sobre o assunto, e nada mais justo que repartir isso com vocês! Uma palestra onde integraremos difusão do conhecimento, discussões e debates entre os participantes. 

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Espécies invasoras; Conservação

Palestra: Genética da conservação das tartarugas marinhas no Brasil – 14h30-15h30

Palestrante: Dra. Sarah Maria Vargas, Universidade Federal do Espírito Santo.

Descrição: Como as ferramentas moleculares podem ser usadas para estudar a diversidade genética das populações de tartarugas marinhas e ajudar a conserva-las.

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Genética; Conservação

Palestra: Explorando informações multicaráter da ecologia do tracajá (Podocnemis unifilis Troschel, 1848): a história de vida contada através dos ninhos - 15h30-16h30

Palestrante: Dr. José Erickson, pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e Pós-doutorando na Universidade Federal do Espírito Santo

Descrição: Através de uma abordagem teórico-conceitual o trabalho busca integrar diferentes ferramentas de análises em estudos ecológicos usando como modelo uma tartaruga ameaçada da Amazônia.

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Genética; Ecologia

 

Palestra: Múltipla paternidade da população reprodutiva de Caretta caretta - 16h30-17h30

Palestrante: Ma. Laís Amorim, Universidade Federal do Espírito Santo.

Descrição: Genética da conservação, estudos populacionais, técnicas moleculares, estudo dos microssatélites, comportamento reprodutivo de tartaruga marinha.

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Genética

 

Palestra: Evidências de contato secundários entre duas espécies de Enyalius (Squamata: Leiosauridae) ocorrendo em hotspots adjacentes - 17h30-18h30

Palestrante: Marcela Akemi Ishihara, mestranda na Universidade Federal do Espírito Santo.

Descrição: O que os dados moleculares podem nos mostrar sobre a diversificação de Enyalius bilineatus e Enyalius capetinga na Mata Atlântica, no Cerrado e na área de transição entre estes biomas.

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Genética de populações

 

 

AFTER HERPETORAMA - RUA DA LAMA - 02/10
 

Roda de conversa:  Conversa de campo – Histórias e experiências de expedições herpetológicas. - 18h00- 22h00

Responsável: Msc. Iago Silva Ornellas, Biólogo, Doutorando UFES/Vitória. Comissão Editorial HC.

Local: Bar Shots (posto na frente da UFES)

Descrição: Um grande atrativo para os estudos herpetológicos, sem sombra de dúvida são as campanhas de coleta. Dentro do universo dos anfíbios e répteis existem inúmeras formas e modos para a aquisição de dados in situ. Situ. No campo, nos deparamos com muitas coisas, desde eventos gratificantes, desde eventos gratificantes como: capturas extraordinárias de jacarés, mergulhos em brejos para capturar tartarugas, subidas em árvores para coleta de anfíbios de dossel, até frustrantes acontecimentos, como atolamentos de carros, se perder na floresta, ou deixar escapar aquele animal raro. Tudo isso faz parte do cotidiano de herpetólogos ativos em campo. Durante essa roda de conversa, de modo informal e descontraído, conversaremos e trocaremos experiências únicas sobre este trabalho tão cansativo e frustrante, mas que nos traz muita alegria e gratidão. Primeiro faremos uma roda de conversa sobre campo em herpeto, trazendo a baila as principais dificuldades, como: logística, mulheres em campo, soluções de baixo custo, entre outras coisas. E posteriormente teremos um concurso de melhor história de campo. Tudo isso com descontração e alegria. 

Área: Herpetologia prática.

 

Vitória, Espírito Santo

FAESA Centro Universitário

02 de outubro de 2019

DIA ÚNICO! - 02/10 - Quarta-feira

Cheguem cedo, seremos pontuais! :) Depois iremos juntos para a UFES (Uber comunitário e carona solidária!)

Palestra: Manejo de Répteis em Cativeiro – 08h00-09h00

PalestranteEduardo Lázaro, Médico veterinário com especialização em animais silvestres e exótico, sócio-proprietário da Silvestres.

Local: FAESA Campus Av. Vitória, Sala 317

Descrição: A manutenção de répteis em cativeiro sempre é um desafio. Seja em estudos científicos de comportamento, experimentais ou manutenção em criadouros e mantenedores, quais são os métodos para mantê-los em condições fisiológicas saudáveis? 

Área: Educação em Medicina Veterinária / Zoologia . Subárea: Criadouro

 

Palestra: Ofidiofobia: qual a razão para se ter tanto medo de serpentes? - 09h00-10h00

Palestrante: Bryan Martins, Biólogo. Colunista do Herpeto Capixaba.

Local: FAESA Campus Av. Vitória, Sala 317

Descrição: O longo de toda história evolutiva o ser humano interagiu com animais. Seja na alimentação, utilizando como mão-de-obra ou mesmo como animais de estimação, sempre houve interação. Acontece que nem sempre essa interação foi positiva. Desta forma, o intuito desta palestra é discutir acerca do medo descomunal que algumas pessoas têm das serpentes a fim de esclarecer quais as origens deste medo.

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Educação Ambiental.

Coffee Break - 15 min

 

Palestra: 20 anos de estudo da saúde das tartarugas marinhas no Brasil – 10h15-11h15

Palestrante: Dr. Marcelo Renan de Deus Santos. Presidente do Instituto Marcos Daniel, Projeto Chelonia mydas

Local: À confirmar

Descrição: O início: terra de cego. O desafio de entender a fibropapilomatose.

O PMP e um novo mundo de descobertas e dasafios. A nova fronteira da ecotoxicologia. 

Área: Educação em Medicina Veterinária / Zoologia . Subárea: Saúde

Palestra: Biologia Vista pelas Lentes de uma Filmadora – 11h15-12h15

Palestrante: João Pedro Zanardo de Andrade, Biólogo. Comunicação HC.

Local: FAESA Campus Av. Vitória, Sala 317

Descrição: Palestra com o objetivo de mostrar um área incomum para os biólogos mas que se mostra muito importante para o futuro da Difusão Científica, a fim de inspirar e abrir o leque de possibilidades para os futuros biólogos. Mostrando que a biologia pode ser objeto de arte e não apenas de pesquisa e de quebra dando importância para o compartilhamento e informações cientificas de forma mais acessível.  Usando a Expedição Pingo de Ouro como exemplo desse trabalho. 

N° vagas: 30

Área: Difusão Científica e Educação Ambiental. Subárea: Documentários

 

ALEGRE - ES

Universidade Federal do Espírito Santo, Campus Alegre

01 e 02 de outubro de 2019

DIA 01 - Terça-feira

 

Minicurso: Identificação de anfíbios e répteis da herpetofauna capixaba - 14:00h - 18:00h

Responsável: Juciana Andrade (Diretora educacional HC. Graduanda em Ciências Biológicas, UFES - Alegre) 

Local: Laboratório de zoologia - Prédio Novo (PN)

Descrição: De forma teórica e prática  esse mini curso tem intuito de mostrar a diversidade de anfíbios e répteis do Espírito Santo,  diferencia-los em níveis taxonômico e ressaltar características morfológicas. Sendo assim, os participantes serão capazes de distinguir por exemplo sapos, rãs e pererecas assim como serpentes peçonhentas e não peçonhentas.

N° vagas: 15

Material: vestimenta apropriada para laboratório (jaleco, calça, sapato fechado).

Área: Capacitação em Zoologia. Subárea: Taxonomia

 

Palestra: Depois do campo: coletei e agora, como proceder?​ - 19:00h-20:00h

Palestrante: Eliza Hehr, Equipe Geral HC. Graduando em Medicina Veterinária, UFES- Alegre

Local: Sala 03 PN

Descrição: Palestra destinada a descrever os principais procedimentos a serem realizados com a herpetofauna depois da coleta em campo para desenvolvimento de pesquisas científicas como realizar boa contenção, coleta de material biológico, processos de fixaçao e eutanásia. 

N° vagas: 40

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Utilização e bem-estar animal

Palestra: Desmistificando a herpetofauna: De medos e lendas a importância ecológica e médica - 20:00h -22:00h

Palestrante: Erlan Pirovani, Diretor Técnico HC. Graduando em Ciências Biológicas, UFES - Alegre

Local: Sala 03 PN

Descrição: Desde primórdios da história da humanidade, animais como serpentes e sapos são retratados como algo ruim ao meio que nos cerca, portanto serão debatidos assunto que envolvem medos, mitos e lendas sobre esses animais, em contra partida entenderemos a importância dos mesmos no meio ambiente e como a humanidade se beneficia através deles. 

N° vagas: 40

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Etinozoologia


 

DIA 02 - Quarta-feira

 

Oficina: Confecção de brinquedos com materiais recicláveis - 12:00h - 1400h

Responsável: Augusto Tozani. Colunista HC. Graduando em Ciências Biológicas, UFES - Alegre.

Descrição: Uma forma de conscientização em relação ao meio ambiente é através da reciclagem, sendo assim, a oficina oferece a oportunidade de capacitação na produção de brinquedos voltados para herpetologia confeccionados a partir de materiais recicláveis como garrafa pet, que poderão ser utilizados como algo lúdico para educação ambiental com crianças. 

Local: Sala 7 PN

N° Vagas: 15

Área: Capacitação em Biologia Geral. Subárea: Educação Ambiental

 

Oficina: Origami - 18:00h - 20:00h

Responsável: Juciana Andrade. Diretora educacional HC. Graduanda em Ciências Biológicas, UFES - Alegre.

Local: Sala 8 PN

Descrição: Técnicas de dobraduras em papel que serão utilizadas para confecção de animais como sapos, lagartixas, tartarugas, serpentes e jacarés afim de levar aos participantes uma sugestão para educação ambiental com diferentes públicos, já que para a execução dos origamis as  técnicas possuem níveis de fácil a moderado.

N°  Vagas: 15

Material: régua e tesoura (não obrigatório).

Área: Capacitação em Biologia Geral. Subárea: Educação Ambiental

 

Palestra: Serpentes peçonhentas: características e prevenção de acidentes ofídicos - 20:00h - 22:00h

Responsável: Erlan Pirovani. Diretor Técnico HC. Graduando em Ciências Biológicas, IFES - Alegre.

Local: Sala 11 PN

Descrição: É de extrema importância saber o que deve ser feito em caso de acidentes ofídicos, qual tipo de veneno e como ele age no organismo e também como evita-los através de informações sobre o comportamento das espécies e locais propícios onde podem ser encontradas.

N° Vagas: 40

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Epidemiologia

 

SANTO ÂNGELO - RS

Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Santo Ângelo, Rio Grande do Sul

02 de outubro de 2019

DIA ÚNICO! - 02/10 - Quarta-feira

Palestra: Importância da herpetofauna: conhecer para preservar.

Responsável: Ethél Viana, Colunista do HC. Graduanda em Biologia URI

Palestrante: A herpetofauna é o conjunto de fauna composto por répteis e anfíbios, sendo um grupo culturalmente temido e rejeitado por grande parte da população que são levados pela falta de informação, aliado a diversas crenças e mitos populares,  resultando não somente na incompreensão da importância ecológica e/ou médica que eles desempenham, mas também em maus tratos e até mesmo a morte desses animais.  Dentro desse cenário, o Herpeto Capixaba busca transmitir o conhecimento da diversidade de espécies existentes e ampliar horizontes quanto à preservação ambiental desses animais.

N° Vagas: 25

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Educação Ambiental

 

JUNDIAÍ - SP

Amazoo Pets
01 de agosto de 2019

Data: 02/10/2019
 

Oficina: Introdução à Ilustração Herpetológica – 19h00-21h00

Responsável: Emili Lima (Desenhista HC)

Local: Amazoo Pets, Jundiaí, São Paulo
Descrição: Oficina teórica e prática. Introdução à ilustração científica, abordando a importância e a história, discutindo sobre as áreas de atuação e o futuro da carreira do ilustrador científico. A oficina abordará noções básicas de desenho com materiais simples e acessíveis, composição de cor e textura, desenho de observação com modelos vivos, simetria e arte final.

Nº de vagas: 15

Área: Educação em Zoologia Subárea: Ilustração

 

VIÇOSA - MG

Universidade Federal de Viçosa
01 de outubro de 2019

Dia único! 01/10 - Terça-feira

 

Minicurso: Técnicas em Ilustração científica: nanquim e aquarela - 08h às 12h

Responsável: Leandro Avelar e Mariana Ambrosim

Local: MZUFV

Descrição: EM BREVE

Nº de Vagas: EM BREVE

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Ilustração

 

Palestra: Atuação do biólogo no âmbito do licenciamento ambiental - 14h às 16hrs

Palestrante: Joaquim Ribeiro

Local: MZUFV

Descrição: Preparar o biólogo especialista em zoologia para atuação nos processos de licenciamento ambiental seguindo os procedimentos adotados pelo IBAMA, e demais órgãos ambientais estaduais para obtenção de licenças, projetos e relatórios de levantamento, monitoramento e resgate de fauna, tomando como referência a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº- 146, DE 10 DE JANEIRO DE 2007.

N° Vagas: 15

Área: Educação em Biologia Geral. Subárea: Consultoria Ambiental

 

Minicurso: Uma noite na mata: a caça aos sapos - 19h às 00h

Responsável: Lucas Rosado ( Colunista HC. Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas UFV) Viçosa, MG
e Marcelo Augusto.

Local: Mata da Biologia

Descrição: Introduzir o futuro profissional da área ambiental na arte de captura de anuros  (sapos, pererecas e rãs), aplicando técnicas para identificação, coleta e segurança no campo. Necessário: levar lanterna, bota/galocha ou botina, camisa manga-longa, calça e repelente (caso tenha problemas com mosquito).

N° Vagas: 15

Área: Educação em Zoologia. Subárea: Técnica de campo

PARNAÍBA - PI

Universidade Federal de Parnaíba

01 de outubro de 2019

Dia único! 01/10 - Terça-feira

 

Palestra: História evolutiva do veneno, do venenoso ao peçonhento - 14h00-16h00

Local: Auditório Central, UFPAR Parnaíba-PI

Palestrante: Luis Fernando de Sousa Vilar, Graduando em Ciências Biológicas UFDPAR.

Descrição: A palestra possui o intuito de mostrar a importância e o histórico evolutivo do surgimento do veneno e da peçonha em diferentes grupos de animais, com ênfase na herpetofauna e como esse mecanismo auxílio no sucesso evolutivo dos indivíduos desses grupos.

N° vagas: 15

Área: Biologia Subárea: Biomedicina e Agronomia

 
 

PROGRAMAÇÃO HERPETONLINE

No conforto do seu lar!

29 de setembro a 05 de outubro de 2019

29/09 Domingo

17:00 - Webinar - Abertura Oficial: Bem-vindos à HERPETORAMA!

17:00 – 18:00 - Webinar

O Biólogo que Viaja - A trajetória de como a herpetologia me fez viajar o mundo.

Dr. Thiago Silva Soares, Pós-doc Universidade Federal do Espírito Santo, Fundador HC.

Estudante, recém-formado ou velho de guerra: você às vezes se sente perdido na biologia? Será que há outras alternativas - sem largar a Bio? Precisa de uma motivação para não desistir do seu sonho de biólogo? Essa palestra é para você!

18:00 – 19:00 - Webinar

A evolução da forma do crânio de serpentes Dipsadidae

Dra. Roberta Azeredo Murta da Fonseca, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Museu Nacional.

Como a dieta e o hábito afetam a evolução da forma do crânio na família mais especiosa de serpentes. Um estudo de larga escala envolvendo Morfometria Geométrica e Métodos Filogenéticos Comparativos

19:00 – 20:00 - Webinar

Jacarés urbanos: de onde vieram e para onde vão?

Ms. Jessica Rhaiza Mudrek. Doutoranda no Programa de Pós Graduação em Ecologia e Conservação da Biodiversidade, Universidade Federal de Mato Grosso

Panorama geral dos impactos que a urbanização pode causar sobre populações de crocodilianos.

20:00 – 21:00 - Webinar

Ameaçada ou não ameaçada! Como funciona a avaliação do estado de conservação de uma espécie

Dr. Ibere Farina Machado, Instituto Boitatá

Nessa apresentação mostrarei os critérios e passos que envolvem a definição de como e por que uma espécie está ameaçada! Discutiremos, também, quais as informações sua publicação deve ter para pode auxiliar uma avaliação da conservação de uma espécie.  

30/09 - Segunda-feira

11:00 – 21:00 - Stories Instagram

Como estão os preparativos para as Ações Presenciais ao redor do Brasil?

Membros HC colocam a cara pra jogo nos stories apresentando suas Ações Presenciais!
 

18:00 – 19:00 - Webinar

Quanto custa uma espécie ameaçada?

Dr. Fábio Maffei - Universidade Estadual Paulista /Bauru

Quais os critérios para considerarmos uma espécie ameaçada; A importância de inventários na ampliação do conhecimento sobre essas espécies; Ações de conservação direcionada para essas espécies.

19:00 – 20:00 - Webinar

Desafios de pesquisas na Amazônia, visão de uma herpetóloga

Dra. Ana Prudente, pesquisadora titular do MPEG e bolsista de produtividade do CNPq.

Um breve apanhado sobre os problemas e desafios de fazer pesquisas na Amazônia, sob a visão de uma herpetóloga. Um relato sobre como o Museu Goeldi tem enfrentado os desafios atuais e como, sendo uma instituição de pesquisa centenária, tem se planejado para o futuro.

20:00 – 21:00 - Webinar

O Herpetólogo do Futuro

Renato Gaiga, Biólogo pela Universidade Federal de Alfenas/MG, diretor executivo e sócio-fundador da Biotropica

Essa palestra vai ensinar de forma simples e rápida as principais habilidades que o herpetólogo precisa ter para encarar o seu futuro como profissional.

03/10 - Quinta-feira

14:00 – 17:00 - Stories Instagram

Retrospectiva das Ações Presenciais

Membros HC voltam para falar nos stories sobre como foram suas Ações Presenciais!

17:00-18:00 - Webinar

Validação Neuropsicobiológica de  Modelos de Ataques de Pânico e de Estresse Pós-Traumático Baseados no Confronto entre Presas e Serpentes.

Dr. Norberto Cysne Coimbra

18:00 – 19:00 - Webinar

Anfíbios do Cerrado brasileiro: diversidade e estratégias multidisciplinares para conservação

Msc Werther Pereira Ramalho, Instituto Boitatá de Etnobiologia e Conservação da Fauna, Universidade Estadual de Goiás.

Abordaremos aspectos básicos da diversidade de anfíbios em diversas escalas no Cerrado brasileiro e como esta diversidade é estruturada. Também discutiremos sobre as principais ameaças e porque estudos de conservação são necessários. Como exemplo de estratégias que auxiliam na conservação das espécies, daremos ênfase aos projetos desenvolvidos pelo Instituto Boitatá.

19:00 – 20:00 - Webinar

Caminhos da Pós-Graduação: 10 anos de carreira

Dra. Sarah Mângia, Pós-Doutoranda do Laboratório Mapinguari, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Como escolher a área de atuação? Escolhas de orientação. Definindo seus projetos e parcerias. Pesquisad@r como divulgad@r científico. Mulheres na academia.

20:00 – 21:00 - Webinar

O que a fotografia tem a ver com conservação?

Leonardo Merçon, Fotógrafo da Natureza, Fundador e Presidente do Instituto Últimos Refúgios

Em tempos de um distanciamento das pessoas em relação a natureza, as imagens tornam-se de extrema importância para uma tentativa de reaproximação. Ou ao menos um despertar do interesse. Com a premissa de que "As pessoas só protegem o que sabem que existe!", fotógrafos e cinegrafistas do mundo inteiro unem-se à iniciativas de conservação para que as maravilhas descobertas pela ciência tornem-se também de conhecimento popular. A difusão científica tornou-se um importante pilar para os projetos de conservação nas últimas décadas. Essa conversa vai abordar as dificuldades e soluções que estamos encontrando para realizar essa árdua tarefa.

04/10 - Sexta-feira

17:00 – 18:00 - Webinar

Herpetologia Segundo as Herpetólogas: Uma proposta feminina de divulgação científica e Educação Ambiental

Daniella França, Bióloga, Pós-doutoranda no Museu de Zoologia da USP

Conheça o projeto Herpetologia Segundo as Herpetólogas, uma página de Divulgação Científica e Educação Ambiental administrada por herpetólogas para divulgar a atuação e produção feminina nesse campo e sensibilizar a população sobre a conservação dos répteis e anfíbios de forma simples, informativa e lúdica.

18:00 – 19:00 - Webinar

Fotografia para todos!

Rodrigo Tinoco, Biólogo, Fundador do Herpeto.org

Fotografar sempre uma atividade de alto custo, com a chegada das maquinas digitais essa arte se popularizou e vem ganhando cada vez mais espaço em relatórios técnicos e outros tipos de mídias. Mas o que é realmente preciso para conseguir boas fotografias?

19:00 – 20:00 - Webinar

Primeiros passos para você iniciar sua pesquisa científica

Dr. Thiago Silva Soares, Pós-doc Universidade Federal do Espírito Santo, Fundador HCEm casa: como requisitar licença nos órgãos ambientais; logística pré-campo; material necessário; possíveis financiadores; etc.Em campo: Vestimenta ideal para o trabalho de campo; equipamentos; reconhecimento de campo; escolhendo pontos amostrais; tipos de pesquisa vs método utilizados, etc.

20:00 – 21:00 - Webinar

Diversidade e Conservação das Serpentes da Caatinga

Dra. Thaís B. Guedes, Pesquisadora Sênior, Universidade Estadual do Maranhão

A Caatinga; Histórico de estudos herpetológicos na Caatinga; Riqueza de espécies, endemismo e padrão distribuição das Serpentes da Caatinga; Conservação

05/10 - Sábado

17:00 – 18:00 - Webinar

Biologia e Manuntenção de Répteis em Cativeiro.

Gustavo Bauer, Médico veterinário.

Teoria sobre biologia de todas as ordens de répteis (classificação, anatomia, identificação) abordando sobre manejo nutricional e alojamento adequado (temperatura e umidade ideal). 

Área: Educação em Zoologia 

18:00 – 19:00 - Webinar

Herpetologia nas Redes Sociais: Conquistas e desafios!

Carlos Henrique de Oliveira Nogueira

É notável a influência das redes sociais no nosso dia a dia, mas como elas têm ajudado de fato a popularizar uma ciência? Quais os principais obstáculos encontrados na divulgação e quais os próximos passos a serem dados.

19:00 – 20:00 - Webinar

Paleoherperofauna brasileira: um panorama dos últimos anos.

Dr. Rodrigo Giesta Figueiredo, Universidade Federal do Espírito Santo, Coord. Científico HC.

Principais novidades no estudo dos répteis e anfíbios fósseis do Brasil.

 

20:00 – 21:00 - Webinar

Como ganhar dinheiro com Herpetologia?

Beatriz Morais, Fundadora da Bio Educação Digital e Graduanda de Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Palestra destinada para estudantes e profissionais que desejam alternativas financeiras

para ascensão profissional.

 

21:00 - Webinar / Stories Instagram

Encerramento

Apoio: Edital FAPES/VALE/FAPERJ Nº 01/2015 – PELOTIZAÇÃO, MEIO AMBIENTE E LOGÍSTICA.

INVESTIMENTO

 

Todos os participantes que se inscreveram pagaram uma Taxa Geral de inscrição. Essa Taxa Geral incluiu palestras presenciais, conteúdo online exclusivo e certificado da Herpetorama.

 

Valor Inclusivo: R$ 10,00 – Válido até 11:00 da manhã do dia 27/09 como prazo, tendo sido alterado para R$15,00 até o dia do evento.

 

Com a inscrição você garante: 

- Certificado da Herpetorama!

- Palestras presenciais - Confira onde serão os locais das palestras!

- Conteúdo online exclusivo durante toda a Herpetorama!

 

Formas de Pagamento

 

BANCO DO BRASIL 

Ag. 0209-7 

CONTA POUPANÇA 170783-3 Variação 51

CPF 10198542780 Thiago Silva Soares

Enviar comprovante para herpetocapixaba@gmail.com

 

ou

PICPAY @herpetocapixaba



Valores das Ações Presenciais

 

Para se inscreverem nas Ações Presencias, você precisava pagar a Taxa de Inscrição Geral.

Palestra presencial: Incluso no valor da Taxa Geral de Inscrição

Ações de Educação Ambiental: Voluntário, sem custo! Da Herpetorama para vocês! :)

Ação Oficina: R$ 15,00

Ação Minicurso: R$ 25,00

Pacote da Ação*: Confira diretamente em sua instituição!

*Este podia variar de acordo com a instituição. Algumas por exemplo não ofertaram oficinas/minicurso. Outras ofertaram mais de uma. A soma de todas as ações, que possuem preços tabelados, têm um desconto amigo! Confiram o valor do pacote diretamente na sua instituição! Herpetologia para Todos!

©2019 by Herpeto Capixaba. Proudly created with Wix.com