E SE EU BEIJAR UM SAPO?

Texto: Izadora Silveira Fernandes Você já assistiu o filme “A princesa e o sapo” da Disney?

Contexto O filme conta a história da Tiana, uma mulher que vive na cidade de New Orleans e trabalha todos os dias para realizar um sonho: ter seu próprio restaurante, inspirada pelo seu falecido pai James. Um dia um sapo falante aparece em sua janela e ao julgar pelos trajes que ela usava o sapo presumiu que ela era uma princesa. Ele contou que era na verdade um príncipe enfeitiçado e então eles fizeram um acordo: se ela o beijasse e quebrasse o encanto ele lhe daria o restaurante. Mas a Tiana não era uma princesa, então ela acabou se tornando um sapo também, o que obrigou os dois a irem até o pântano e procurarem alguém para desfazer o feitiço.


Pois bem! Essa viagem é cheia de herpetos, meus amigos. O casal protagonista, o herpetomascote da “salvadora” dos mocinhos e o Louis, um crocodilo genial que adora Jazz, pois os herpetos são carismáticos e sonhadores. Mas afinal, o que acontece se eu beijar um sapo?


Os sapos, propriamente ditos, possuem um veneno localizado nas glândulas paratóides, presentes atrás dos olhos, que eles utilizam para a proteção contra predadores e a intensidade desse veneno varia conforme a espécie.


Figura 1: Rhinella diptycha. Autoria: Bryan Martins.


De maneira geral, para nós este veneno é inofensivo, já que o animal não tem a capacidade de inocular, ele apenas “esguicha”. Mas se em contato com olhos, nariz e boca... Bem, você pode ter alguns problemas.


E a coisa fica um pouco mais intrigante quando se trata das rãs, o que na minha opinião diz respeito aos personagens do filme, mesmo que não seja relacionado a uma espécie em particular. Os venenos das rãs podem ocasionar reações alérgicas, e o veneno de algumas espécies pode levar até mesmo à morte um ser humano. Então só por precaução... Melhor não beijá-los.


E tudo terminou bem


Durante os acontecimentos do filme, os protagonistas perdem a esperança de um dia voltarem a ser humanos e aprendem a amar as rãs que são dando origem a frase icônica: “Não é gosma, é muco!”, tornando humanos, talvez, um pouco mais conscientes.


REFERÊNCIAS


BBC. Conheça o animal vertebrado mais venenoso do mundo - BBC News Brasil. BBC News Brasil. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/05/150522_vert_earth_ra_venenosa_ml>. Acesso em: 10 de novembro de 2021.


‌GODOY, L. et al. Toxicidad de la secreción de glândulas parotidas en sapo (Actualización Bibliográfica). Universidad Nacional Del Nordeste Comunicaciones Científicas y Tecnológicas 2005, v. 20, 2005.


The Princess and the Frog. Direção: John Musker e Ron Clements. Produção: Peter Del Vecho e John Lasseter. Estados Unidos: Wall Disney Animation Studios, 2009. 1 DVD (98 min).

154 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo