Cobra corre atrás?

Texto: Bryan da Cunha Martins


“Deus me livre” para uns, “quem me dera” para outros! Não é muito difícil ouvirmos relatos de pessoas que alegam que foram perseguidas por cobras, ou que as cobras perseguem as pessoas. Mas... Será mesmo?

Ilustração: Emili Maria de Lima.


Relatos como este estão presentes mundo afora. Isso pode parecer muito assustador para algumas pessoas (eu não me incluo neste grupo, pois sou do time dos “quem me dera” hehe), mas vamos, por partes, resolver de vez essa incógnita que já virou senso comum!


Persegue ou não persegue?


Não existe relato formal descrito para comportamento de perseguir pessoas. Cobras não perseguem seres humanos até que se prove o contrário! Mas tá... de onde veio então esse status de “perseguidora de pessoas”?


A personalidade


Primeiramente, temos que saber que cada serpente possui características comportamentais distintas. Por exemplo: algumas são bem agressivas, outras bem tranquilas. Além disso, espécies que vivem em cativeiro também podem possuir comportamento diferente daquelas que são selvagens.


Hipóteses para a “perseguição”


Algumas serpentes NÃO PEÇONHENTAS possuem má fama dentre os populares. Este é o caso da nossa queridíssima Caninana (Spilotes pullatus). Queridíssima, alright? Pois bem, meus amigos, a Caninana é vítima da sociedade! As pessoas dizem que ela persegue gente, mas não a gente, não é mesmo? Ou vai me dizer que foi perseguido por uma? Se sim, deixe-me saber!


A justificativa para este mito é que a Caninana é uma serpente durona que, quando acuada, pode se tornar muito agressiva e desferir vários botes como forma de se defender. Ela pode ficar com tanto medo que, na tentativa de fugir, pode acabar correndo para o lado das pessoas, desorientada. Isso não significa que ela correu atrás das pessoas, e sim que queria fugir. Coitadinha!


A reação da Caninana pode ser vista em outras espécies também. O Urutu Cruzeiro (Bothrops alternatus) é uma espécie peçonhenta de viperídeos muito agressiva. Seu bote é muito rápido e o Urutu pode dar vários botes em sequência, o que pode dar a sensação de perseguição para quem tem o desprazer de receber investidas deste bicho. Mas, novamente, não se trata de perseguição e sim de comportamento de defesa! Pense assim: você encararia alguém maior que você? Pois bem, as cobras também não! Ao menos que seja perturbada...


Moral


Serpentes possuem medo e, quando sentem medo, podem atacar. Uma serpente nunca irá perseguir alguém por querer, afinal, elas querem distância. Estes animais já são perseguidos por uma série de outros mitos... Vamos desconstruir mais este, juntos!

Ilustração: Emili Maria de Lima.



REFERÊNCIAS


BERNARDE, P- S. Curiosidades sobre as cobras. Herpetofauna. Disponível em: < http://www.herpetofauna.com.br/Curiosidades_sobre_as_cobras.htm> Acesso em: 02 de ago. de 2019.


NUNES, T. Oito mitos e verdades sobre as serpentes. Pontobiologia. Disponível em: <https://pontobiologia.com.br/mitos-verdades-serpente/> Acesso em 02 de ago. de 2019.


TUDO SOBRE COBRAS. Urutu Cruzeiro - Cobra Urutu. Disponível em: <https://www.cobras.blog.br/urutu-cruzeiro> Acesso em: 02 de ago. de 2019.

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo