top of page

AS SERPENTES MEDEM SUAS PRESAS?

Texto: Bárbara Santos Teixeira Costa


Será que toda serpente mede sua presa? Certamente você já deve ter ouvido falar naquela lenda onde uma serpente se estica todas as noites ao lado do dono, medindo-o para que possa comê-lo. Será que é verdade mesmo? Venha com a gente e descubra!


Figura 1: Uma serpente da espécie Leptophis ahaetulla se alimentando de um anfíbio da espécie Craugastor gollmeri. Autoria: Brian Gratwicke.


De acordo com a lenda, uma pessoa vai ao veterinário após estranhar um comportamento atípico de sua serpente de estimação : ela havia parado de se alimentar e todas as noites se esticava ao lado do dono. Na lenda, o veterinário afirma que certamente a cobra estaria planejando se alimentar do próprio dono!


Porém, sabemos que essa lenda não é verdadeira pois, além das serpentes dificilmente se interessarem por se alimentar de seres humanos, esse comportamento jamais foi observado na natureza. Pense só: se a serpente precisasse se esticar para medir sua presa toda vez que fosse se alimentar, certamente ela morreria de fome, pois nenhuma presa esperaria todo esse tempo para virar comida!


Além disso, há vários casos registrados de serpentes que tentaram se alimentar de uma presa muito grande e se deram mal. Ou seja, elas não conseguem medir com exatidão sua comida, e acidentes podem acontecer. De acordo com Sazima (1990), existem vários casos onde serpentes foram encontradas mortas por ingerirem uma presa muito maior do que a sua capacidade de ingestão. Curiosamente, esse comportamento parece ser mais comum em serpentes jovens.


Existem duas possíveis explicações para isso: segundo o autor, a serpente tenta se alimentar de uma presa exageradamente grande pois há baixa disponibilidade de alimento com o tamanho adequado para a serpente. Ou então, pode ser apenas um erro na avaliação da serpente sobre o tamanho da presa.


Referências


FAUSTINO, M. Uma cobra píton planejava comer sua dona durante o sono? E-farsas. 2019. Disponível em: <https://www.e-farsas.com/uma-cobra-piton-planejava-comer-sua-dona-durante-o-sono.html> Acesso em 08 nov. 2021.


SAZIMA, I.; MARTINS, M. Presas grandes e serpentes jovens: quando os olhos são maiores que a boca. Mem. Inst, Butantan, v. 52, n. 3, p. 73-79. 1990.


4.371 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page