HERPETORAMA: MAIOR ESPETÁCULO CIENTÍFICO DA HERPETOLOGIA


Texto: Bryan da Cunha Martins


Herpetorama: “Respeitável público...!”

Entre os dias 29 de setembro e 05 de outubro de 2019 foi realizado o I Herpetorama, até então um encontro científico em comemoração ao segundo aniversário do Herpeto Capixaba. “Herpetorama”: herpein, do grego, significa “que rasteja”; orama, uma palavra também de origem grega que, por sua vez, significa “espetáculo”. Herpetorama, portanto, quer dizer “espetáculo herpetológico”. O evento híbrido, realizado de forma online e presencial, foi idealizado e organizado pelo Herpeto Capixaba, um projeto que atua em prol do conhecimento e da conservação dos anfíbios e répteis do Espírito Santo, e, consequentemente, do Brasil. O Herpetorama contou com instituições parceiras que cederam sua infraestrutura para o desenvolvimento do congresso em suas dependências, sendo elas: Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), campi Goiabeiras e Alegre; Centro Universitário FAESA, campus Vitória; Universidade Federal de Viçosa (UFV) – Viçosa, MG; Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPAR) – Parnaíba, PI.



Dos sete dias de evento, cinco (29 e 30/09 e 03, 04 e 05/10) ocorreram ONLINE através de uma plataforma Webinar e dois dias (01 e 02/10) de forma PRESENCIAL nas instituições supracitadas. Foram 18 palestras online e 27 atividades presenciais que contemplaram palestras, minicursos e oficinas com temas como taxonomia, sistemática, evolução, genética, ecologia, etnobiologia, paleontologia, bioacústica, biogeografia, educação ambiental, fotografia de natureza, entre outros temas herpetológicos ou a eles proximamente relacionados. No final deste texto está a relação dos palestrantes.


Lema

O lema “Herpetologia para Todos” surgiu da necessidade de se levar, através do I Herpetorama, conhecimento herpetológico para todos os interessados. Muitas vezes, os eventos presenciais podem pesar no orçamento para a maioria da população brasileira (o que não os torna menos importantes), visto que uma série de fatores precisam ser considerados (inscrição, locomoção, hospedagem, alimentação, etc.). Foi nessa perspectiva que o Herpeto Capixaba cobrou somente uma taxa simbólica pela inscrição (R$10,00 iniciais e R$ 15,00 finais) que serviu para cobrir custos pontuais do Herpetorama.


Por esse motivo, nos últimos dias de inscrição, o Herpeto Capixaba publicou uma nota direcionada àqueles que não pudessem se inscrever por razões financeiras, pedindo que entrassem em contato explicando sua situação, pois eles não ficariam de fora dessa (!). Quatro alunos de graduação requisitaram essa oportunidade. O HC está enormemente grato a todos os inscritos pagantes que compreenderam e até mesmo apoiaram essa inciativa do Herpetorama. É “Herpetologia para Todos” e assim tem que ser.


Público

Ao todo 260 participantes se inscreveram no evento, dos quais 135 (51.9%) participaram exclusivamente das palestras online. O público foi bem variado e contou com a participação de pessoas de fora da academia a doutores. Ainda na premissa do “Herpetologia para Todos”, o palestrante mais novo é graduando e possui 19 anos, o que fortalece o lema, uma vez que até mesmo os mais jovens cientistas podem contribuir para a ciência.


A maior parte dos inscritos corresponde a participantes da região Sudeste (63,6%). Espírito Santo liderou o ranking de inscrições (29,9%), seguido por Rio de Janeiro (13,1%) e, na mesma posição, Minas Gerais e São Paulo (10,3%). Vale ressaltar que as regiões Nordeste e Centro-Oeste também tiveram parcela expressiva de inscritos, sendo 18,7% para o Nordeste e 9,3% para a região Centro-Oeste. As regiões Sul e Norte foram menos representativas, com 5,7 e 2,8%, respectivamente.


Apesar dos esforços da equipe em incluir, pelo menos, uma pessoa de cada estado, este objetivo não foi alcançado. Entretanto, das 27 unidades federativas do país, obtiveram-se inscrições de 20 delas, com exceção apenas de AC, AL, AP, MS, PA, RR e TO.


Presença feminina

Um dos pontos mais altos do evento foi a presença em massa do público feminino. Vale destacar a importância e a significância de se ter esta representatividade. Mais da metade das inscrições foi do público feminino (66%) e é importante ressaltar que 44% dos palestrantes eram mulheres (58% com atividades presenciais e 42% com atividades online). Além disso, o evento contou com uma mesa redonda sobre “Mulheres na Herpetologia”, que foi incrível e, sem dúvidas, muito importante, não só para mulheres, mas também para todos os homens que participaram. Isso evidencia a representatividade que a mulher exerce na ciência.


Formato

O formato do evento moldou-se de acordo com o objetivo central: levar o I Herpetorama para todas as regiões do Brasil, i.e., Herpetologia para todos. Inicialmente o evento se chamaria “HerpetoSemana” e aconteceria em dois dias de forma presencial. Entretanto, o nome não condizia com a duração do congresso, nem com o bordão “Herpetologia para Todos”. Desta forma, foi estendida sua duração para, de fato, uma semana.


Um dos problemas havia sido resolvido, mas um evento 100% presencial dificilmente alcançaria todas as regiões ou estados do país. Foi nesta perspectiva que a comissão organizadora examinou a possibilidade de ampliá-lo com atividades online que, certamente, abrangeriam muito mais pessoas e regiões. E assim que o Herpetorama se tornou um evento híbrido: presencial e online. Ao final, o nome mudou, mas os princípios continuaram. Frente ao exposto, foi desta forma que o Herpeto Capixaba conseguiu levar o I Herpetorama para todas as regiões e à quase totalidade dos estados brasileiros.


Dificuldades

Embora o I Herpetorama tenha sido realizado com êxito, houve, sim, dificuldades. A maior delas foi o tempo. A proposta para a organização do evento foi lançada apenas três semanas antes da abertura. Em três semanas, o Herpeto Capixaba criou um cronograma, buscou parcerias com instituições para as atividades presenciais, convidou dezenas de palestrantes, preparou artes de divulgação e toda a parte audiovisual, entre outras várias microfunções que permitiram que o evento fosse realizado com sucesso.


Segundo Thiago Silva-Soares, coordenador do Herpeto Capixaba, atualmente Pós-doutorando na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), “o Herpeto Capixaba poderia realizar o evento no próximo ano e comemorar o aniversário de três anos, mas por que não fazer agora? Às vezes, é melhor feito do que bem feito”. E, ainda assim, foi bem feito (!). Apesar das dificuldades com relação ao tempo, tendo como base o feedback de parceiros pesquisadores, outras instituições ou projetos, e dos participantes e palestrantes do Herpetorama, o evento obteve êxito no que se propôs, podendo ser considerado uma realização científica de sucesso.


Sorteios

Ao longo de todo o Herpetorama vários pesquisadores parceiros fizeram doações de livros para que fossem sorteados aos inscritos, tanto presenciais quanto online. Foram cerca de 30 livros sorteados. Dessa forma foi possível divulgar e disseminar ainda mais o conhecimento herpetológico.


Palestrantes presenciais

O Herpeto Capixaba agradece enormemente aos palestrantes e profissionais que ministraram minicursos presenciais no Herpetorama 2019, sua primeira edição: Dra. Sarah M. Vargas; Dr. José Erickson; Ms. Laís Amorim; Amanda Del’ Maestro; Tainara de Alencar; Igor Maia; Monique Nunes; Tomas de L. Rocha; Gabriela S. C. Bispo; Leticia Watanabe; Beatriz Brito; Marcela A. Ishihara; Eduardo Lázaro; Bryan da C. Martins; João Pedro Z. de Andrade; Juciana Andrade; Eliza Hehr; Erlan Pirovani; Augusto Tozani; Leandro Avelar; Mariana Ambrosim; Ms. Joaquim Ribeiro; Lucas Rosado; e Luis Fernando de S. Vilar.


Palestrantes online

Dr. Thiago S. Soares; Dra. Roberta A. Murta da Fonseca; Ms. Jessica Rhaiza Mudrek; Dr. Iberê Farina Machado; Dr. Fabio Maffei; Dra. Ana L. C. Prudente; Renato Gaiga; Dr. Norberto C. Coimbra; Dr. Werther P. Ramalho; Dra. Sarah Mângia; Leonardo Merçon; Dra. Daniella França; Rodrigo Tinoco; Dra. Thais B. Guedes; Carlos Henrique de O. Nogueira; Dr. Rodrigo G. Figueiredo; Beatriz Morais; e Gustavo Bauer.


Comissão Organizadora do I Herpetorama – Outubro de 2019

Dr. Thiago Silva-Soares, Herpeto Capixaba (HC); Dr. Rodrigo Giesta Figueiredo, HC; Dra. Sarah Maria Vargas, UFES; Msc. Iago Silva Ornellas, HC; Tainara de Alencar, HC; Nicolas Augustin L. Neves, HC; Beatriz da S. Brito, HC; Amanda Del’ Maestro, HC; Erlan Pirovani, HC; Juciana L. Andrade, HC; Luis Fernando de S. Vilar, HC; Amanda Fernandes, HC; Maiara Goltara, HC; Théo C. M. Queiros, HC; Lucas Rosado Mendonça, HC; Thais Wanguestel Lunz, HC; Matheus Pimentel, HC; Emili Lima, HC; Thomas Lima Rocha, HC.


O próximo espetáculo

Dado o sucesso da primeira edição, o Herpeto Capixaba deu início no dia 26 de maio de 2019 à organização do II Herpetorama, a ser realizado entre os dias 01 e 04 de outubro de 2020. Com mais de quatro meses de antecedência, está sendo possível investir ainda mais no lema “Herpetologia para Todos”. Neste contexto, as palestras do II Herpetorama serão legendadas na Língua Inglesa, visando alcançar também o público internacional, bem como na Língua Portuguesa e na Língua Brasileira de Sinais, para atender o público surdo.


Outra novidade é que esta edição está contando com 15 embaixadores, voluntários convidados pelo HC a representar o Herpetorama em suas respectivas regiões. Temos embaixadores em todos os extremos, de norte a sul e de leste a oeste do Brasil, evidenciando toda a nossa diversidade brasileira!


Hoje, às vésperas da segunda edição do Herpetorama, a programação do II Herpetorama conta com mais de 50 horas de palestras, com renomados doutores e especialistas brasileiros, alguns em solo internacional, os quais abraçaram o propósito do Herpetorama, tornando esse espetáculo ainda mais completo. De forma lúdica, as mesas-redondas e os debates em dupla se chamarão “Reprodução Explosiva” e “Amplexo”, respectivamente.


Nesta segunda edição, contaremos também com os inéditos concursos de fotografia, de ilustração e de vocalização, com inscrições já abertas! Ainda, a abertura de submissão de resumos – com possibilidade de apresentação oral durante o Sibilos – está prevista para as próximas semanas. Também haverá minicursos, os quais ainda estão em processo de elaboração. Confira a programação completa no site: www.herpetocapixaba.com.br/herpetorama2020.


Com a realização do congresso Herpetorama, o Herpeto Capixaba avança mais um largo salto nas montanhas da ciência brasileira em busca do estado da arte do lema “Herpetologia para Todos”!


Nos vemos no II Herpetorama! Herpetorame-se!

60 visualizações

©2019 by Herpeto Capixaba. Proudly created with Wix.com